Registrar-se Login

seminariodosul

Bem vindo: Cursos » Graduação » Licenciatura em Música
Segunda, 22 Dez 2014
E-mail Imprimir PDF
Índice do Artigo
Licenciado - Musica
Informações Gerais
Situação Legal do Curso
Diferenciais do Curso
Ementas e Grade Curricular
Todas as Páginas

Ementas e Grade Curricular

ANÁLISE MUSICAL I a VI
Estudo analítico de obras e sistemas musicais de diferentes períodos da história da música ocidental. Técnicas de análise aplicadas â produção musical desde os primórdios da música até a contemporaneidade. Desenvolvimento histórico das estruturas formais em música. Análise de obras representativas dos principais padrões formais. Ruptura da forma pelas transformações da linguagem musical.

CANTO I a IV
Prática de execução vocal. Saúde Vocal. Anatomia e técnicas envolvidas no canto. Noções de Acústica. Capacidades fisiológica e mental. Expressão de um som vocal consciente. A emissão vocal nos diversos gêneros musicais. Prática do canto em conjunto ou individual. Habilidades inerentes ao ato de cantar. Estratégias e repertório na de trabalho com criança, adolescente, jovem, adulto, idoso.

CANTO CORAL I a VI
Vivência de repertórios de diferentes épocas e variados estilos através do processo de preparo de um recital realizado ao final de cada semestre letivo.

COMPOSIÇÃO e ARRANJO I e II
Criação de arranjos e composições para pequenos grupos instrumentais e vocais em suas diversas formações. Criação de descantes. Critérios pedagógicos e artísticos. A obra musical sob os aspectos estrutural, técnico e estético. Instrumentação. Transcrição da Canção. Transcrição de Arranjo.

COMPOSIÇÃO E ARRANJO III
Aprofunda as competências desenvolvidas nos períodos I e II, tomando como foco um lócus de prática musical específico e/ou obra musical específica.

CONTRAPONTO I a VI
Estudo dos princípios do contraponto que remontam aos primórdios da polifonia. Questões da condução das vozes, estrutura e partes, cadências, resoluções típicas, singularidades estilísticas e composicionais. As cinco espécies de contraponto sistematizadas por Fux como exercício acadêmico, introdução às Invenções de Bach, Análises das Invenções de Bach. Realização de exercícios criativos a partir das Invenções de Bach, introdução ao gênero fuga, análises de fugas: elementos formais constantes.

DIDÁTICA I
A didática como concepção político- metodológica. A didática como projeto político-institucional. Conceito e fins da educação: universal, plural (tipologia conceitual do Brasil segundo a legislação de ensino em vigor); correntes e tendências metodológicas contemporâneas.

DIDÁTICA DA MÚSICA I A V
Parâmetros para o planejamento de ensino e avaliação em educação musical. Música e formação musical a partir das contribuições (etno)musicológicas.

EDUCAÇÃO INFANTIL
Estudos dos referenciais e bases legais da Educação Infantil no Brasil. Políticas para Educação da criança de 0 a 5 anos. Análise dos conceitos mediadores das práticas pedagógicas na Educação Infantil Brasileira constituída historicamente. Dispositivos didático-pedagógicos suas bases epistemológicas e teóricas.

ESTÉTICA
Reflexão estética segundo “os clássicos da filosofia”, com abertura para o pensamento oriental, tendo a música como viés da reflexão filosófica. Perspectivas sobre estética na Antiguidade Grega. Estética Clássica, Moderna e Contemporânea. Música e reflexão estética segundo expoentes da literatura.

ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DO ENSINO E LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL
Educação Brasileira; Estrutura do sistema educacional e dos sistemas institucionais (eclesial e empresarial); Níveis de Administração Educacional; Organização Pedagógica e Planejamento Curricular; A nova LDB 9394/96; níveis escolares; modalidade de ensino; fundamentos e parâmetros curriculares.Constituição Brasileira.

FLAUTA DOCE I
Vivência e experimentação das técnicas básicas de um instrumento complementar, através do ensino coletivo do instrumento. Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Pesquisa do repertório antigo e moderno específicos para o instrumento, em uso isolado, com acompanhamento de teclado, ou em grupo, com ou sem acompanhamento de teclado.

GESTÃO DA MÚSICA ECLESIÁSTICA I e II
Gestão da música na Igreja e o seu planejamento estratégico. Fundamentos históricos da gestão da música na Igreja e sua contextualização. Organograma, estrutura e funcionamento. Projetos – elaboração, comunicação e ações. Gestão financeira e orçamentária. Administração do patrimônio – organização, catalogação do acervo musical da biblioteca, videoteca, CDteca, audioteca, e dos diversos instrumentos e aparelhos. Gestão de pessoas – liderança e gerenciamento da cooperação do trabalho voluntário. Gestão das práticas musicais – instrumentais, corais (coros graduados), canto comunitário. Gestão de projetos de ensino – aulas individuais e/ou escola de música.

GESTÃO DE PROJETOS SOCIAIS I
Políticas públicas e indicadores sociais. Educação e empregabilidade. Focalização e universalização. Equidade e igualdade. Inclusão social, cidadania, ética e responsabilidade social. Marco legal / legislação. LOAS. Filosofia de ação social da Convenção Batista Brasileira. Gestão de parcerias e captação de recursos. Incentivos culturais.

GESTÃO DE PROJETOS SOCIAIS II
Diagnóstico em Ação Social. Planejamento de Ações Sociais (programas e projetos). Implantação de Projetos Sociais (gestão e avaliação). Elaboração, implementação e avaliação de projetos sociais. Apresentação de projeto sociomusical: identificação e caracterização de problemas; identificação e escolha de soluções; estudo de viabilidade; matriz lógica; a comunicação do projeto. Pesquisa em Projetos Sociais. Situações práticas / estudo de caso. Discussão e orientação do professor com participação da turma.

HARMONIA FUNCIONAL AO TECLADO (PIANO) I a IV
O piano como instrumento harmônico e instrumento acompanhador. Vivência e experimentação dos eventos harmônicos. Fôrmas de 5 dedos, escalas e arpejos, progressão I IV V I nas tonalidades maiores e menores. Formação de acordes, áreas e funções do campo harmônico.

HARMONIA I a VI
Os elementos básicos da harmonia tonal. Prática da técnica de formação e encadeamento de acordes. Formação dos acordes e a relação dos mesmos dentro do texto musical. Os elementos avançados da harmonia tonal. Estruturas harmônicas do período moderno. Prática da escrita de acordes utilizando a harmonia tonal e outros sistemas referentes à música moderna.

HINOLOGIA
A produção hinológica e as diversas hinódias. Estudo da inter-relação dos textos das canções nos seus aspectos literário, teológico e musicológico. Figuras de linguagem.

HISTÓRIA DA MÚSICA I
Introdução ao estudo da história da música. Fundamentos e perspectivas sobre história da música. Audição de obras e estudos históricos e analíticos. Música como produção cultural e social. Panorama das práticas e da produção musical no contexto da Europa ocidental, de sua formação à pós-modernidade, em seus aspectos técnicos e estéticos, mediante a audição de obras e estudos históricos e analíticos. Contextualização sócio-histórica das práticas e da produção musical de diferentes períodos, estilos e contextos culturais, em seus aspectos técnicos e estéticos.

HISTÓRIA DA MÚSICA II
História da música brasileira – MPB e música de tradição oral. Escuta musical, estudos históricos e analíticos. Aspectos técnicos e estéticos. Contextualização sócio-histórica das práticas e da produção musical brasileira de diferentes períodos, estilos e contextos culturais (segmentos populares e grupos étnicos). Manifestações musicais e a questão da diversidade cultural. Música e fatores tecnológicos. Música do período colonial à pós-modernidade. MPB dos fins do século XVIII até sua consolidação nos anos 1940 e dias atuais. Música autoral.

HISTÓRIA DO CRISTIANISMO E DA TEOLOGIA SISTEMÁTICA I
História do Cristianismo I é um estudo dos acontecimentos que envolveram a igreja cristã, no período que se situa entre 100-600 da era cristã. Identifica os principais acontecimentos da história da igreja no período, enfocando os principais pais da igreja, sua influência e seus ensinos. Relaciona as principais controvérsias teológicas dessa época. Organiza as relações de causalidade entre os fatos históricos e a construção das doutrinas que são estudadas pela Teologia Sistemática I.

HISTÓRIA DO CRISTIANISMO E DA TEOLOGIA SISTEMÁTICA II
História do Cristianismo II é um estudo dos acontecimentos que envolveram a igreja cristã, no período compreendido entre 600 e 1500 da era cristã, enfocando as principais controvérsias teológicas dessa época, e analisando os principais movimentos medievais, o começo do desenvolvimento acadêmico e os movimentos pré-reformadores. Observa as relações de c causalidade entre os fatos históricos e a construção das doutrinas que são estudadas, concomitantemente, em Teologia Sistemática II.

INTRODUÇÃO AO ANTIGO TESTAMENTO I
Estudo do Antigo Testamento a partir dos seus aspectos elementares, apresentados seu cânon, tipos de literaturas nele contidos, abordagens de estudos e análise de livros selecionados. As estruturas e constituições do cânon do AT. A história da formação da literatura do AT. O fio condutor da amarração do Pentateuco. As camadas documentais e sociais do Pentateuco. O contexto histórico-social em que surgem os livros do Pentateuco. Livros históricos e proféticos do AT.

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO I
Os Evangelhos canônicos, Atos dos Apóstolos e epistolário Paulino: aspectos históricos, literários e culturais, para uma compreensão global e contextualizada de suas mensagens.

LITURGIA I
Espaços e tempos litúrgicos. Grupos histórico-sociais: história litúrgica e diversas liturgias. Liturgia cristã e não cristã. Bases do culto cristão: fundamentação bíblica, teológica e cultural. Práticas históricas e contemporâneas de diversos grupos sociais.

METODOLOGIA CIENTÍFICA DA PESQUISA
Princípios da ciência e do método científico. Abordagens alternativas de pesquisa. Execução da pesquisa. Estrutura da redação final de uma pesquisa. O destino do trabalho científico. Repercussão social da pesquisa. Aspectos éticos da pesquisa e a construção de uma postura analítico-crítica.

METODOLOGIA DA PESQUISA EM MÚSICA
Metodologia de pesquisa em música e em ensino musical (Musical Education / Music Teaching and Learning). Produção de texto acadêmico. Memorial de recitais. Investigação (etno)musicológica. Pesquisa em performance. Transcrição, observação, registros. Órgãos de apoio à pesquisa em música, educação, projetos sociais e culturais. Temáticas. Fontes de pesquisa. Situações práticas / estudos de caso.

METODOLOGIA DE ENSINO FUNDAMENTAL
Estudo dos princípios e diretrizes metodológicos do Ensino Fundamental, visando a elaboração de práticas educacionais que possibilitem o aprender a aprender. A relação objetivo-conteúdo-metodologia.

MÉTODOS DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS
Elaboração de trabalhos acadêmicos, respeitando as normas vigentes, a começar pela leitura e interpretação de textos, desenvolvendo, assim, a capacidade de expressão escrita e oral, como também a reflexão crítica. Uso dos variados métodos e técnicas de estudo apropriados à produção do conhecimento no nível de graduação.

MONOGRAFIA I
Delineamento do projeto monográfico de conclusão de curso: linha de pesquisa, estruturação do projeto, anteprojeto, projeto definitivo ou final. Investigação sobre um tema de natureza educacional, relativo aos conteúdos do currículo do Curso de Licenciatura em Música. Acompanhamento da elaboração e do delineamento do projeto de pesquisa, sua redação inicial sob os aspectos formal e do conteúdo.

MONOGRAFIA II
Elaboração da pesquisa científica e produção do trabalho monográfico de conclusão de curso. Acompanhamento da elaboração do projeto monográfico de conclusão de curso, sua redação inicial sob os aspectos formal e do conteúdo.

MÚSICA e TECNOLOGIAS
Apropriação das tecnologias no cotidiano profissional do músico. Editoração Musical. Programas Finale, Encore, Sound Forge. Apropriação das tecnologias no ensino de música. Produção de softwares. Ferramentas para o ensino de música a distância. Critérios de análise. Ferramentas composicionais. Softwares para ensinar música e softwares para fazer música. A construção de ambientes virtuais para o ensino de música. Materiais, softwares, aplicativos. Elaboração de materiais pelo professor com “softwares autor”. Criação de jogos e atividades musicais. Disponibilização de aplicativos em ambientes virtuais de aprendizagem musical. Os aplicativos (objetos de aprendizagem) e os ambientes virtuais para o ensino-aprendizagem (as salas de aulas na internet). Estudos sobre softwares para a educação musical.

MÚSICA NA LITURGIA
Contextualizações e funções da música na liturgia. Gêneros, estilos e formações musicais instrumentais/vocais, composições sacras. Tendências do pensamento e da prática da música na liturgia.

PERCEPÇÃO MUSICAL I A VI
Teoria da Música – pesquisa das maneiras como a música é construída. Compreensão e elaboração de estruturas musicais. Percepção melódica, rítmica e harmônica. Tonalismo, atonalismo e procedimentos modais. Polifonia e harmonia. Grafia, leitura e escrita musical. Treinamento auditivo. Percepção musical nas atividades práticas de composição, execução e apreciação. Percepção Harmônica.

PIANO I a II
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas. Habilidades funcionais.

PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM
Estudo das diferentes abordagens em Psicologia sobre o desenvolvimento e a aprendizagem, destacando a construção histórica nos seus conceitos básicos e as questões nucleares relacionadas aos contextos de função do homem.

REGÊNCIA I a IV
Comunicação do regente através da mediação corporal e das estratégias de ensaio. Construção e direção da interpretação coletiva de uma obra musical. Comunicação Gestual, Expressão Corporal, Habilidade Motora. Técnica gestual e técnicas de ensaios. Técnicas de Regência Coral. Liderança. Prática da comunicação gestual na direção do repertório coral, do cântico comunitário/congregacional e de outros grupamentos vocais, no segmento crianças, adolescentes, jovens e adultos.

TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO
Reflexão sobre construção de um ensino que seja ligado à vida social dos alunos, inerente ao seu tempo e incorporado ao processo de ensino-aprendizagem. Existe um novo modelo de educação, a educação através da tecnologia, que precisa ser refletido por toda escola, na busca da integração do aluno em todo o processo escolar. A escola como um espaço de renovação, investigação e mediação, atenta aos alunos nos aspectos da sua vida social, política e econômica. A educação como mediadora entre o acesso às tecnologias, o seu uso e as formas de interpretá-las para superar “o analfabetismo icônico”.

VIOLÃO I
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas do violão, através do ensino coletivo do instrumento. Estudo da técnica e repertório do violão popular brasileiro

OPTATIVAS DE CONTEÚDO ESPECÍFICO (EECM/EPI/EFSCM)
RECOMENDDS PARA A LICENCIATURA EM MÚSICA


ANTROPOLOGIA
Introdução aos conceitos e temas básicos da antropologia social e cultural, estabelecendo diálogo com as áreas de Teologia e de Música. História da . A Antropologia no quadro das Ciências Sociais. O método comparativo. O olhar antropológico. Etnocentrismo. A oposição natureza e cultura. O trabalho de campo. Linguagem e símbolo. O imaginário social. Raça, etnia e identidade brasileira. Gênero, família e sexualidade. Religião e cultura. Cultura e identidade brasileira. Os conceitos modernos de civilização e cultura. As noções de homem, ethnos, sociedade. Universalismo e particularismo. Etnocentrismo e relativismo.

BATERIA
Conhecimentos técnico-interpretativo e histórico básico do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas de um instrumento complementar, através do ensino coletivo do instrumento.

CANTO V e VI
Prática de execução vocal. Saúde Vocal. Anatomia e técnicas envolvidas no canto. Noções de Acústica. Capacidades fisiológica e mental. Expressão de um som vocal consciente. A emissão vocal nos diversos gêneros musicais. Prática do canto em conjunto ou individual. Habilidades inerentes ao ato de cantar. Estratégias e repertório na de trabalho com criança, adolescente, jovem, adulto, idoso.

CONTRABAIXO ELÉTRICO
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas de um instrumento complementar, através do ensino coletivo do instrumento.

ÉTICA FILOSÓFICA
Abordagem de conceitos, escolas e fundamentos de ética filosófica. Conceituação de Ética e Moral e suas relações. História da Ética ocidental (grego-romana-judaica), e sua transição para a Ética Cristã. Expoentes da Ética (Aristóteles, Platão, Kant, Scheler, Kierkgaard, Lyotard, Baudrillard). Conceitos fundamentais de Ética.

FILOSOFIA
Reflexão filosófica sobre a filosofia. Origens e fontes da filosofia no Ocidente. Seus objetivos, seus métodos e divisões em s. O ato filosófico como tomada de consciência crítica, como reflexão e posição diante do mundo. Os desenvolvimentos específicos da filosofia. O papel da filosofia na Universidade e na sociedade contemporânea. Introdução ao pensamento filosófico: oriente – ocidente. Filosofia grega. O surgimento da razão de dentro do mito; dos pré-socráticos a Aristóteles; da filosofia helênica aos neoplatônicos. Os pensamentos da Patrística e da Escolástica. O pensamento moderno – do racionalismo ao idealismo alemão e o iluminismo. Os principais movimentos da filosofia contemporânea. Os seus representantes mais significativos. Tópicos da Filosofia na América Latina e no Brasil. Discussão sobre uma possível abordagem comum no âmbito latino-americano. Possibilidades e limites de um filosofar autenticamente brasileiro e latino-americano. Gênese da Filosofia da Libertação no continente latino-americano.

FLAUTA DOCE II
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Pesquisa do repertório antigo e moderno específicos para o instrumento, em uso isolado, com acompanhamento de teclado, ou em grupo, com ou sem acompanhamento de teclado. Vivência e experimentação das técnicas básicas da flauta doce através do ensino coletivo do instrumento.

HARMONIA FUNCIONAL AO TECLADO (PIANO) V e VI
Vivência e experimentação dos eventos harmônicos mais freqüentes na música popular e no jazz, tanto na música instrumental quanto vocal. Dominante secundário, acorde bVII 7M, acordes sus 4, IIm cadencial, resolução atrasada e indireta, tensões, modos, uso prático dos modos, dominantes extensivos, acordes diminutivos, dominantes substitutos, turnaroud rítmicos, escalas pentatônicas, campo harmônico menor, improviso, empréstimo modal. Técnicas de acompanhamento ao piano. Arranjos. Exercícios técnicos específicos. Cancioneiro eclesiástico (cânticos, hinos), repertório erudito e popular. Música brasileira. OBS – Piano e Harmonia Funcional pode vir a ser dado, a médio prazo, também em teclados eletrônicos.

HISTÓRIA DA MÚSICA III
Música Eclesiástica Brasileira. atória para os que querem garantir perfil profissional para atuação em gestão de música eclesiástica.

LITURGIA II
Prática de liturgias cristãs. Planejamento, execução e avaliação de cultos. Cultos por faixa etária, culto temático, culto de histórias de vida, cultos especiais. Articulação com a de Estágio Supervisionado e com atividade complementar a ser definida.

INTRODUÇÃO AO ANTIGO TESTAMENTO II
Estudo do Antigo Testamento a partir dos seus aspectos elementares, apresentados seu cânon, tipos de literaturas nele contidos, abordagens de estudos e análise de livros selecionados. As estruturas e constituições do cânon do AT. A história da formação da literatura do AT. O fio condutor da amarração do Pentateuco. As camadas documentais e sociais do Pentateuco. O contexto histórico-social em que surgem os livros do Pentateuco. Livros históricos e proféticos do AT.

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO II
Os Evangelhos canônicos, Atos dos Apóstolos e epistolário Paulino: aspectos históricos, literários e culturais, para uma compreensão global e contextualizada de suas mensagens.

MISSÃO E COMUNICAÇÃO
As questões relacionadas à comunicação do evangelho à luz de suas implicações teológicas. A Igreja ante as novas técnicas e tecnologias dos meios de comunicação e sua tarefa evangelizadora. O uso dos meios de comunicação e a postura crítica frente às ideologias.

MISSÃO E EDUCAÇÃO
As questões relativas à educação cristã em seus diversos níveis e instâncias à luz das implicações teológicas. Análise da conjuntura educacional brasileira a partir das influências e implicações sociais, políticas e econômicas. Políticas Educacionais e Sociais para democratização do acesso à escola e ao saber. A construção das relações democráticas na escola e na comunidade. Fundamentos teológicos da educação. O papel missionário da igreja na construção da educação cidadã. Teologia e educação como pratica de liberdade.

ÓRGÃO
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas de um instrumento complementar, através do ensino coletivo do instrumento.

PIANO III a IV
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas. Habilidades funcionais.

PSICOLOGIA
Histórico, objeto de estudo e campos de aplicação da Psicologia. Introdução às escolas psicológicas: behaviorismo, psicanálise, gestalt, humanismo. Processos básicos do comportamento: motivação, percepção e inteligência. Personalidade. Desenvolvimento e Aprendizagem. Representação social das diferenças. A questão da normalidade x anormalidade: atitudes, comportamentos e estereótipos.

REGÊNCIA V a VI
Comunicação do regente através da mediação corporal e das estratégias de ensaio. Construção e direção da interpretação coletiva de uma obra musical. Comunicação Gestual, Expressão Corporal, Habilidade Motora. Técnica gestual e técnicas de ensaios. Técnicas de Regência Coral. Liderança. Prática da comunicação gestual na direção do repertório coral, do cântico comunitário/congregacional e de outros grupamentos vocais, no segmento crianças, adolescentes, jovens e adultos.

SOCIOLOGIA
Embasamento teórico e conceitual da Sociologia. Os grupamentos sociais. Teóricos relevantes para o pensamento sociológico. Instituições sociais.

VIOLÃO II
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas do violão, através do ensino coletivo do instrumento. Estudo da técnica e repertório do violão popular brasileiro

VIOLINO
Conhecimentos técnico-interpretativos e históricos básicos do instrumento. Estudo progressivo da técnica e repertório do instrumento. Vivência e experimentação das técnicas básicas de um instrumento complementar, através do ensino coletivo do instrumento.

BIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
Conceito de Biologia como ciência na concepção bíblico-teológica da criação do homem. Os fatores de desenvolvimento biológico do ser humano. Caracterização das áreas neurológicas da aprendizagem. O desenvolvimento físico-tônico e cognitivo: base biológica para aprendizagem.As bases biológicas da aprendizagem; Caracterização das áreas neurológicas da aprendizagem; O desenvolvimento físico-tônico e sua relação com desenvolvimento cognitivo; O desenvolvimento sensorial e psicomotor e sua influência no processo de construção do conhecimento. A linguagem. Conceito e causas do retardamento mental. Identificação dos principais distúrbios sensoriais. Alimentação e desnutrição das crianças. Doenças dos escolares. Higiene pré-escolar e escolar

CURRÍCULO
Conceituação; Princípios e elaboração de currículo; Tipos de currículo; Inter e Transridade; Seleção e organização de currículo; Elaboração de Conteúdos Programáticos

DIDÁTICA II
Conceito e função. Evolução histórica da didática no Brasil. Diagnóstico da realidade educacional. A ação didática: componentes básicos. Níveis do planejamento educacional - plano pedagógico ou global; plano curricular; plano de construção do conhecimento - mediato programa de ensino do professor, imediato plano de aula do professor.

ESTATÍSTICA APLICADA À EDUCAÇÃO
Conceituação de Estatística. Técnicas de avaliação e análise de dados. Apuração, apresentação e análise de resultados. População e amostra. Séries estatísticas. Dados absolutos e relativos. Apresentação de dados em excel. Distribuição de freqüência. Conceitos de média, moda e mediana. Medidas de dispersão. A importância dos conceitos estatísticos básicos, tanto descritivos quanto inferenciais na análise de situações e problemas da realidade educacional brasileira. Indicadores de desempenho da dinâmica do fluxo escolar (evasão, repetência, aprovação,etc.). A estatística como instrumento de pesquisa educacional.

ÉTICA
A identidade do Educador e fidelidade à missão da proposta educacional. Significação ética de sua pluralidade e dos seus princípios fundamentais; Postura ética: sigilo profissional e “Código de Ética”

FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO
Conceituar Filosofia e caracterizar o seu objetivo na educação: A origem do pensamento filosófico: do mito ao “LOGOS”. Os paradigmas científicos contemporâneo e tendências para o século XXI, com base nas matrizes filosóficas: positivista, marxista e fenomenológica. Fins e objetivos da Educação e convergência com o Evangelho: Bem-Aventurança. O homem-no-mundo como relação fundamental à construção do pensamento, do saber e da tecnologia;

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO I
Os paradigmas científicos do ocidente nos modelos educacionais do Brasil. Educação do Brasil colônia ao Brasil contemporâneo. Identificação do sujeito no processo de educação e função no processo histórico brasileiro. Reflexos dos modelos educacionais católicos e protestantes (escolar e eclesiástico). História contemporânea: educação nova. História da pedagogia e do Curso de Pedagogia.

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO II
Os paradigmas científicos do Ocidente nos modelos Educacionais do Brasil; Educação do Brasil Colônia ao Brasil Contemporâneo; Identificação do sujeito no processo de Educação e função no processo histórico brasileiro; Reflexos dos modelos educacionais católicos e protestantes (Escolar e Eclesiástico). História Contemporânea: Educação Nova. História da Pedagogia e do Curso de Pedagogia.

LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS
Estudo dos aspectos mais relevantes sobre a gramática de Libras, seu ensino e uso possibilitando ao educador a sua comunicação efetiva com os seus alunos deficientes auditivos.

LÍNGUA PORTUGUESA
Elementos de orientação para a expressão escrita e oral. O vocabulário, leitura, análise e produção de texto.

PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO
Conceito de psicologia e seu papel na aprendizagem e inteligência coletiva. Principais escolas contemporâneas: behaviorismo, gestaltismo, psicanálise e suas contribuições para a educação. Processo de ensino-aprendizagem e o desenvolvimento afetivo-emocional e suas implicações: linguagem simbólica, a imagem do corpo e auto-imagem. O sujeito indivíduo e sua subjetividade. A formação da personalidade e da inteligência interpessoal e intrapessoal.

SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO
Conceito de Sociologia e seu papel na educação. Conceituação e delimitação do objeto de estudo da sociologia da educação. Estudo da realidade do cotidiano educacional. Instituições sociais e a função da escola na sociedade. Função das demais instituições na educação. A função da escola na sociedade nas perspectivas: positivista, marxista, liberal e fenomenológica.